Blog
22
Jun
2022
Como funciona a conta de luz para quem tem energia solar?

Como funciona a conta de luz para quem tem energia solar?

Quando anunciamos que ao instalar um sistema fotovoltaico em sua casa você pode economizar até 95% do valor da conta de luz, muitas pessoas se perguntam: “como isso é possível?” ou “mesmo produzindo a minha própria energia eu terei que pagar a conta de luz?”

Essa pode ser uma dúvida bem comum porque afinal, o consumidor está realmente produzindo a própria energia. Então, neste artigo queremos explicar um pouco do que acontece quando se instala um sistema fotovoltaico e explicar porque você ainda precisa pagar a conta de luz, e como o desconto de 95% chega até você.

Por que ainda pago contas de luz mesmo tendo um sistema fotovoltaico em casa?

Mesmo parecendo contraditório, essa pergunta tem uma explicação lógica e simples. Com o advento da energia solar e suas tecnologias, a ANEEL (Associação Nacional de Energia Elétrica) decidiu que todo e qualquer sistema solar On-grid (explicamos a diferença entre os tipos de sistemas fotovoltaicos aqui) deve ser conectado diretamente à rede de distribuição local de energia.

Isso ficou estabelecido a partir da regulamentação 482 da ANEEL, que previa que toda a distribuição de energia solar deveria injetar a energia produzida em excesso, ou seja, aquela que não era consumida pela casa naquele dia, na rede da concessionária pública da cidade em questão.

Por conta disso, quem possui energia solar em casa ainda precisa pagar a taxa mínima de manutenção da distribuidora, que geralmente varia entre 20 à 40 reais, dependendo da região ou da cidade em que você reside.

Por que os sistemas solares precisam estar conectados à distribuidora?

Essa pergunta também é muito comum, e explicamos um pouco sobre ela em nosso artigo explicando a diferença entre os tipos e sistemas fotovoltaicos, que já citamos acima.

Os motivos para isso tudo são bem simples, mas o principal deles é a segurança que essa decisão proporciona. Como você pode saber, a energia produzida por um sistema fotovoltaico provém da luz do sol, que é incidida sobre as placas fotovoltaicas que por sua vez geram uma corrente elétrica que precisa ser tratada pelo inversor para que, somente nesse ponto, se torne a energia elétrica que utilizamos no dia a dia.

Sendo assim, é de se esperar que os dias mais claros, com menos nuvens e sem chuvas sejam melhores para a produção de energia através do sistema fotovoltaico da residência, certo?

O que acontece então é algo muito inteligente: nos dias mais claros, a energia produzida é mais do que suficiente para manter a residência em questão, o que faz com que exista um excesso de produção. Esse excesso, por sua vez, é enviado para a distribuidora e utilizado por ela, em troca de créditos, que podem ser resgatados pelo usuário nos dias mais nublados em que a produção de energia está em baixa.

Para exemplificar melhor, nos permita fazer uma analogia mais lúdica e simples:

Digamos que nos dias mais claros, seu sistema fotovoltaico tenha produzido 10 “copos” de energia. Porém, na sua residência, você precisa apenas de 8 copos de energia para passar o dia. Com você utilizando estes 8, os 2 copos de energia que “sobram” precisam ir para algum lugar, correto? Então, seu sistema envia estes 2 copos para a distribuidora, que por sua vez envia estes 2 copos para outra residência que está precisando naquele momento.

O que você recebe em troca, então, são 2 "vale-copos de energia" que permitem a retirada sem custo adicional de até 2 copos de energia para a sua residência, já que você “emprestou” esses 2 copos para a distribuidora, anteriormente. Então, em um dia nublado, pode ser que seu sistema produza apenas 6 copos de energia, mas sabemos que sua casa precisa de 8. Então o seu sistema automaticamente irá usar esses “vale-copos” e vai receber a energia necessária, sem custos adicionais.

Existe uma forma de eliminar completamente a conta de luz?

A resposta é sim, existe. Se você já está familiarizado com os tipos de sistemas fotovoltaicos existentes, você sabe que os Sistemas Solares Fotovoltaicos Off-grid não são conectados à rede de distribuição pública, e todo o excesso de energia produzida por eles é enviado para baterias que armazenam a energia produzida em baterias, o que dispensa o pagamento da taxa mínima de manutenção da distribuidora.

Nestas instalações, o sistema fica completamente isolado e auto-suficiente, sem necessitar de nenhum tipo de auxílio da distribuidora de energia local.

Entretanto, esse tipo de sistema fotovoltaico só é vantajoso para imóveis localizados em áreas muito remotas, sem acesso à distribuidora, já que o custo para a sua implantação costuma ser bem maior.

Além disso, a segurança fornecida por ele não se compara com a dos sistemas on-grid, já que se alguma coisa acontecer, você não possuirá o respaldo da distribuidora e terá que esperar até a manutenção chegar.

VALE A PENA INVESTIR EM UM SISTEMA FOTOVOLTAICO?

Com toda a certeza investir em um sistema fotovoltaico vale muito a pena, não apenas pela economia mas também pelo meio-ambiente e sua sustentabilidade.

Algumas vantagens são:

  • A conta de luz diminui de maneira absurda;

  • Você não sofre com a inflação energética ou com mudanças de bandeiras;

  • Você pode acumular créditos solares que podem ser usados em outros imóveis cadastrados no mesmo CPF na distribuidora;

  • Vai ter um sistema de energia totalmente não poluente;

  • Vai fazer parte do time de pessoas que produz energia sustentável;

  • Os sistemas não precisam de muita manutenção;

  • As placas têm vida útil de até 25 anos;

  • Seu imóvel valoriza em até 20%;

  • A instalação é muito rápida, sendo feita em 1 ou dois dias;

Mas existe algo a se destacar: a importância de se contratar uma empresa séria, especializada e capacitada para fazer a instalação do seu sistema fotovoltaico.

A Helux sempre garante um trabalho sério, com um estudo assertivo sobre a incidência dos raios solares em sua residência para podermos criar uma uma projeção de produção, porque assim podemos estabelecer a quantidade de painéis necessários para o local.

Você gostou de aprender um pouco mais sobre os sistemas fotovoltaicos? Achou interessante tudo que foi visto aqui?

Quer entrar para o time e fazer parte das quase 3 milhões de pessoas que já utilizam a energia fotovoltaica em suas residências?

Então, clique aqui e solicite seu orçamento!

A Energia Solar não é apenas o futuro, mas também o presente!

Agência Tomahawk

Comente essa publicação

-- Google Tag Manager (noscript) -->